Catálogo

Serra Fita e Serra Circular: Conheça as diferenças e funcionalidades

serra

Serra Fita e Serra Circular: Conheça as diferenças e funcionalidades

É provável que você já tenha ouvido falar das serras fita e serras circulares. Ambas desempenham papéis essenciais no setor metelmecânico, mas têm características e funcionalidades distintas que as tornam adequadas para diferentes tipos de projetos. Vamos dar uma olhada mais de perto nessas duas ferramentas e descobrir suas diferenças e usos específicos.

Serra Fita: 

O funcionamento da serra fita é relativamente simples, mas altamente eficaz. Uma lâmina longa e estreita, feita de aço endurecido, é tensionada em uma estrutura que a mantém esticada e alinhada. 

O corte é realizado quando o metal é empurrado contra a lâmina em movimento. A espessura fina da lâmina permite cortes precisos, mesmo em materiais densos e resistentes. Além disso, a serra fita pode ser ajustada para cortar em diferentes ângulos, tornando-a versátil para uma variedade de aplicações.

Uma das principais vantagens da serra fita é a sua capacidade de cortar grandes volumes de metal de forma rápida e eficiente. Isso é especialmente útil em ambientes industriais onde a produção em massa é necessária.

Além disso, a serra fita oferece uma maior economia de material em comparação com outros métodos de corte. Isso ocorre porque a lâmina estreita minimiza o desperdício de material, resultando em cortes mais precisos e eficientes.

No entanto, é importante ressaltar que a operação da serra fita requer cuidado e atenção, pois o corte de metal pode ser perigoso se não for feito corretamente. Os operadores devem seguir todas as precauções de segurança e utilizar equipamento de proteção adequado para evitar acidentes.

Serra Circular:

Já a serra circular é uma ferramenta poderosa e versátil, amplamente utilizada na indústria metalúrgica para cortar uma variedade de metais com precisão e eficiência. Seu design compacto e robusto, combinado com uma lâmina circular dentada feita de materiais resistentes, a torna ideal para uma série de aplicações de corte de metal.

Ao contrário da serra fita, que possui uma lâmina estreita e flexível, a serra circular utiliza uma lâmina circular rígida e de diâmetro variável, dependendo do tipo de corte e do material a ser cortado. Essas lâminas são geralmente feitas de aço endurecido ou carbeto de tungstênio para lidar com as demandas de cortar metais duros e resistentes.

O funcionamento da serra circular é relativamente simples: a lâmina é montada em um eixo motorizado e giratório, e quando ligada, gira em alta velocidade. O metal a ser cortado é então posicionado contra a lâmina, e a rotação da mesma cria um movimento de corte contínuo, removendo o material conforme avança.

Uma das principais vantagens da serra circular é a sua capacidade de realizar cortes rápidos e precisos em uma ampla gama de espessuras de metal. Seja cortando chapas finas ou barras de metal mais grossas, a serra circular pode lidar com uma variedade de materiais com facilidade.

A serra circular é altamente eficiente em termos de produtividade, permitindo cortes rápidos e repetitivos que são essenciais em ambientes industriais onde o tempo é um recurso valioso.

Por isso, se você tem interesse em conhecer mais sobre as serras, aproveite para falar conosco da Andorinha BRNós iremos te ajudar! 

Últimas Notícias

Serra de Fita Amada
Máquinas de Serra Circular Kentai
Indústria

Tags

× Como posso te ajudar?